QUIROPRAXIA

DOR NO PESCOÇO

e

Nosso pescoço, também chamado de coluna cervical, começa na base do crânio e contém sete pequenas vértebras. Incrivelmente, a coluna cervical suporta todo o peso da sua cabeça, que é, em média, de 6kg. A coluna cervical pode mover a cabeça em quase todas as direções, essa flexibilidade torna o pescoço muito suscetível à dor e lesões.

8

A suscetibilidade do pescoço à lesões é devida em parte à sua biomecânica. As atividades e eventos que afetam a biomecânica cervical incluem má postura, movimento repetitivo, acidentes, quedas e pancadas no corpo ou na cabeça, problemas emocionais (estresse, nervosismo e ansiedade), envelhecimento normal e desgaste diário. A dor no pescoço pode ser muito incômoda e pode ter uma variedade de causas.

 

Aqui estão algumas das causas mais comuns de dor no pescoço:

Lesões e acidentes: Um movimento forçado repentino da cabeça e/ou pescoço, em qualquer direção, e o “rebote” resultante na direção oposta são conhecidos como chicotadas. O repentino movimento de "chicotear" prejudica os tecidos de sustentação do pescoço e da cabeça. Os músculos reagem apertando e contraindo, criando fadiga muscular, o que pode resultar em dor e rigidez. A chicotada grave também pode estar associada a lesões nas articulações, discos, ligamentos, músculos e raízes nervosas intervertebrais. Os acidentes de carro são a causa mais comum de chicotada.

Envelhecer: Distúrbios degenerativos como osteoartrite, estenose espinhal e doença degenerativa do disco afetam diretamente a coluna vertebral.

A osteoartrite, um distúrbio comum das articulações, causa deterioração progressiva da cartilagem. O corpo reage através da formação de esporões ósseos que afetam o movimento articular.

A estenose vertebral faz com que as pequenas passagens nervosas nas vértebras estreitem, comprimindo e aprisionando as raízes nervosas. A estenose pode causar dor no pescoço, ombro e braço, além de dormência, quando esses nervos não conseguem funcionar normalmente.

Doenças degenerativas no disco podem causar redução na elasticidade e altura dos discos intervertebrais. Com o tempo, um disco pode inchar ou ter uma hérnia, podendo causar formigamento, dormência e dor no braço.

Vida cotidiana: Má postura, obesidade, sedentarismo e músculos abdominais fracos geralmente interrompem o equilíbrio da coluna vertebral, fazendo com que o pescoço se incline para frente para compensar. Estresse e tensão emocional podem fazer com que os músculos se contraiam, resultando em dor e rigidez. O estresse postural pode contribuir para a dor crônica no pescoço, com sintomas que podem se estender para a parte superior das costas e os braços.

A Quiropraxia é a maior profissão natural no mundo, por ser um tipo de tratamento não medicamentoso, com um bom relação custo-benefício, e principalmente com resultados clínicos comprovados, principalmente nas queixas de cores na coluna no geral. Agende uma avaliação para sentir todos os benefícios ela pode te proporcionar.